Skip to content
Caravela Virtual

Fique atento ao sinais do universo

24 de abril de 2019


Você sente como se o Universo estivesse tentando te dizer alguma coisa, mas você simplesmente não entende a mensagem? Você está buscando respostas para algumas perguntas em sua vida e não encontra solução? Você se sente desta forma porque não está plenamente consciente da “linguagem” do Universo. As respostas provavelmente estão bem na sua frente. A “barreira do idioma” com o Universo é um grande obstáculo para muitos. O Universo nos fala o tempo todo, mas nem sempre reconhecemos as mensagens ou sinais (Léo Carver). Com certeza você já passou por situações em que disse a si mesmo: “Lá no fundo eu já sabia” ou “o meu coração estava dizendo” (Rana Vitória). O Universo não tem quaisquer limites sobre como ele vai interagir com você, portanto preste atenção na sua sensibilidade. Quanto mais você se permite sintonizar com sua intuição e o mundo interior, mais alto e claro se torna o seu diálogo com o Universo. Cultive um verdadeiro desejo de ouvir os sinais. Este é um ponto inicial valioso, mas muitas vezes esquecido. Às vezes fazemos perguntas e ao mesmo tempo mantemos alguma expectativa sobre as respostas. Quando colocamos as perguntas para o Universo ou ao nosso EU superior, esta expectativa é registrada. Lembre-se que em última análise o Universo está sempre entregando o que você pede e precisa. Você só não vai receber se não estiver pronto. Seja honesto com você mesmo sobre as perguntas que você tem na vida. A inteligência do Universo não tem limites. Ele está sempre conectado com você e buscando fortalecer esta conexão. Você pode não perceber isso, especialmente se está vivendo no automático. Para se tornar mais ciente dos sinais do Universo, preste mais atenção ao seu Eu e suas sensações. Lembre-se que você e o Universo são UM, o que significa que um verdadeiro sinal da criação deve ressoar dentro de você em algum nível. Mesmo que você não entenda isto, suas percepções mais elevadas irão alertá-lo de que existe algo significativo sobre a ocorrência, pessoa, ou símbolo que se repete. Todos nós temos nossos próprios níveis de consciência e esta habilidade pode ser desenvolvida ou aperfeiçoada por qualquer pessoa (Léo Carver). Por: @ranavitoria